Ligia Schincariol


MESA RADIÔNICA PARA QUE SERVE?

A Mesa Radiônica é um instrumento terapêutico que serve para harmonizar e equilibrar emoções, crenças, padrões e situações em todos os setores da vida. Quando falamos em mesa, muitas pessoas pensam que chegaremos com uma maca, que ficarão diante de uma mesa de verdade ou deitarão sobre ela. Mas, apesar do nome, a Mesa Radiônica é um desenho impresso, uma espécie de tabuleiro de jogo. Este desenho muda de acordo com o tipo de Mesa utilizada pelo terapeuta. Mais especificamente, depende dos conhecimentos de quem concebeu a Mesa em questão.

Eu, por exemplo, utilizo a Mesa Radiônica Quântica, criada por Régia Prado, mas existem outras que também são amplamente utilizadas no mercado. Esta Mesa especificamente contém um Relógio Radiestésico, com gráficos numéricos que servem de medidores de frequência (de 0 a 100), gráficos de geometria sagrada e outros símbolos que servem como portais de conexão. Tudo numa Mesa Radiônica tem seu significado, as cores escolhidas, imagens, símbolos, para que ela sirva aos interesses de seu criador.

Como a Mesa funciona?

A maioria das Mesas utilizadas atualmente é acessada pelo terapeuta através do pêndulo. A conexão mental do operador com seu pêndulo, em contato com a mente superior do cliente faz o objeto, primeiramente, girar sobre o desenho e quantificar na Mesa as frequências a serem avaliadas ou identificar áreas e setores bloqueados e, depois, indicar os “remédios”, as ferramentas necessárias, para o desbloqueio de energias, sentimentos, pensamentos, crenças e situações que o cliente deseja curar ou obter melhoria.

Um caso de exemplo: cliente procura a Mesa para melhorar a vida financeira. Além de medir as frequências geral, emocional, mental e vital, avalio os chakras e as emoções ou padrões que podem ter a ver com a dificuldade em sua vida financeira. Meço, por exemplo, a sua capacidade de aceitar a prosperidade e o pêndulo mostra uma frequência 30, que no plano ideal deveria ser 100. A medição de todas as frequências é sempre feita dessa maneira: o pêndulo mostra a frequência atual e, posteriormente, qual deveria ser a frequência ideal. E é este ideal que buscaremos através da aplicação das ferramentas indicadas pela mesa. Depois de medir todas as frequências desejadas, consultamos se é divino intervir em sua situação e levamos o pêndulo até a “Barra” de Ferramentas. Qualquer ferramenta pode ser indicada pelo pêndulo: desde a ativação da Alegria Divina, materializações ou desmaterializações, florais, raios com cores específicas (consulte os 12 raios da Fraternidade Branca para saber mais) e muitas outras ferramentas existentes nesta barra, além das que podem ser acopladas pelo operador em sua Mesa.


Ativando as ferramentas

As ferramentas presentes na Mesa são ativadas por comandos e decretos verbais do operador ao girar o pêndulo. Um exemplo: Para a mesma cliente acima, o pêndulo indica a ferramenta Materializar. Eu aciono o comando dizendo: “Eu sou ativar a materialização em qualquer frequência que seja divina para (nome da cliente) para a melhoria de sua vida financeira. Materializar nesse espaço tempo, materializar, materializar, materializar!” Quando o pêndulo mudar o movimento para uma convenção estabelecida pelo operador, sabemos que a ferramenta foi ativada e passamos para a próxima até que a própria Mesa indique a ferramenta Entrega Divina. Chegamos, então, ao fim do trabalho.

Cada Mesa vai contar com ferramentas e metodologia específicas que serão usadas para o desbloqueio desejado pelo cliente. Algumas mesas podem contar com dezenas de ferramentas que ativam proteção, alegria, equilíbrio, cura, prosperidade, alinhamento de Chakras e consciências divinas. Estas ferramentas ainda acoplam outras técnicas como: símbolos do Reiki, florais, Tarot e quaisquer oráculos ou técnicas de domínio do operador. E cada tipo de mesa terá uma abordagem mais rígida ou flexível, no que se refere ao número e uso dessas ferramentas, de acordo com quem a criou.

Na mesa em que utilizo, por exemplo, eu uso o Tarot como uma das ferramentas de equilíbrio. Se o pêndulo pede o Tarot, eu pergunto, então, quantas cartas seriam ideais para a pessoa. Vamos supor que o pêndulo mostre o número três. Eu leio, então, as três cartas e envio para a pessoa a energia da melhor ou das melhores cartas através da mesa. Se, por exemplo, a melhor carta que saiu no jogo da pessoa foi o Mago, eu ativo a carta, rodando o pêndulo e dizendo: “Eu sou ativar a Carta O Mago para (nome da cliente), enviando frequências de atitude, ação, trabalho, para que ela aproveite as oportunidades para melhorar a sua vida financeira etc”. E assim por diante com as demais ferramentas.

Ao final, medimos todas as frequências novamente para ver o quanto estão próximas do ideal. E, por fim, perguntamos se é necessário o retorno da pessoa atendida e em quanto tempo pode voltar a passar pela Mesa. O cliente decidirá sobre seu retorno no momento mais apropriado.

Como a mesa pode ajudar?

A Mesa pode acessar frequências e dimensões do paciente, nas quais ocorreram bloqueios que hoje prejudicam uma determinada área da vida da pessoa ou, simplesmente, pode encontrar formas de melhorar sua situação atual. Seja no plano emocional, profissional, espiritual e até no campo da saúde, a Mesa Radiônica atua através de uma reprogramação mental/energética para que algo se modifique em alguma instância, sempre considerando o que for para o bem maior do cliente.

Existem pessoas que imediatamente após o processo sentem os efeitos da reprogramação ou reequilíbrio energético apontando sensações de alívio, de paz ou apenas se sentindo muito sonolentas. Outras trazem respostas mais a curto e médio prazo através de situações práticas que acontecem em suas vidas. Depende muito da conexão de cada um com o atendimento.

Desde a difícil venda de um imóvel até a busca de um emprego ou um problema nos relacionamentos, existe uma Mesa capaz de ajudar a equilibrar ou melhorar uma situação incômoda em sua vida.

A diferença entre Radiestesia e Mesa Radiônica

É preciso deixar clara a diferença entre a Radiestesia tradicional e o conceito utilizado nas Mesas Radiônicas em uso atualmente. A Radiestesia conta com equipamentos eletrônicos e magnéticos para programação vibracional e identificação de vibrações específicas em indivíduos e ambientes.

Embora ambas usem o pêndulo, trabalhem com a medição e ajuste de frequências, e a Radiestesia utilize também gráficos em algumas modalidades, o que utilizamos na Mesa Radiônica é a programação mental e a intenção, mas não há o uso de nenhum meio magnético ou eletrônico para a alteração física da energia do atendido.

O uso do nome “Mesa Radiônica” acabou sendo mais aceito pelas pessoas por envolver conceitos da Radiestesia, mas, na realidade, as Mesas Radiônicas mais usadas no mercado são psiônicas. Ou seja, a medição das frequências é feita de maneira radiestésica (usando o pêndulo), mas a aplicação das ferramentas é posta em prática pela conexão entre mentes.















Receba diariamente as notícias em seu email:

Delivered by FeedBurner









Desenvolvido por Danilo Rodrigues
Design por Dimy Design&Motion Graphics
© 2017 Ligia Schincariol - Todos os direitos reservados