Ligia Schincariol


PH NO ORGANISMO

Emoções e Sentimentos ácidos e alcalinos.
As emoções, os sentimentos, a agitação mental e física também têm potencial para alcalinizar ou acidificar partes do organismo em questão de frações de segundos.

Um organismo acidificado tende a manifestar sentimentos, emoções e reações "ácidas". A raiva, inveja, ansiedade, ciúme, excesso de julgamentos e críticas, exercícios físicos obsessivos, competições, calor em excesso, desidratação, etc. que induzem à acidificação do organismo em questão de segundos. Ação e reação
Ao contrário, é comum ao organismo devidamente alcalinizado compartilhar frequências sentimentos e emoções prazerosos.

Afetuosidade, compaixão e compreensão são estados típicos de um corpo em harmonia metabólica, sereno e pacífico. Assim, o estado meditativo ou de oração, a vivência do amor, bom humor, do belo, do positivismo, da verdade e do prazer de estar vivo podem ser considerados "alimentos" de grande potencial alcalinizante. Estas emoções, por sua vez, alcalinizam o sangue. Pronto! Instalou-se um círculo vicioso positivo.

Pronto! Instalou-se um círculo vicioso positivo. É uma mudança total na vida da pessoa. O retorno da vontade de viver. por essas e outras que divulgo o GFU, aprendi que estar Saudável é ESTAR FELIZ. É ter sentimentos bons...de paz e alegria. Já tive um sangue ácido e para mim é clara essa afirmação: sangue ácido = pensamentos ácidos = energia ácida = atrai situações e pessoas ácidas.
Uma das colocações mais comum das pessoas que acompanhamos é: Estou dormindo melhor, me sinto mais tranqüilo, dores nas costas acabaram isso me deixa menos estressado, não me sinto mais tão irritada e impulsiva…uma das usuárias que nos enviou um e mail: Após 4 sessões completas (menos de 1 mês de uso) ela ligou e contou que tomava remédio para dormir há 11 anos e sempre depressiva. Toda feliz contou que estava acordando cedo, toda animada, foi ao médico e ele retirou o medicamento e ela estava ótima.

Abaixo resumo da classificação dos alimentos indicados pelo Dr Young
1- Muito alcalino: Aspargo, cebola, Sucos de vegetais, salsa, espinafre cru, Brócolis, Alho, capim de cevada, Limão, Melancia, Lima, Grapefruit, Manga, mamão, Chás de ervas, água com limão, Estévia, azeite

2- Alcalino: quiabo, abóbora, feijão verde (favas), Beterraba, salsão, alface,abobrinha, batata doce, Tâmara, Figo, Melão,Uva, Mamão, Kiwi, Amoras, Maçã, Pera, Uva passa, Leite materno, Amêndoas, óleo de linhaça comestível, Chá verde.
3- Levemente alcalino: Cenoura, Tomate, milho verde, cogumelo, repolho, ervilha, Couve-flor, nabo, casca de batata, azeitona, Laranja, Banana, Cereja, Abacaxi, Pêssego, Abacate, Amaranto, Milheto, Lentilha, milho doce, Quinoa, Queijo e leite de soja, Queijo e leite de cabra, ricota, Castanha portuguesa, Castanha do Pará, Avelã, Côco, óleo de canola, mel in natura

4- Pouco ácido: Espinafre cozido, alguns tipos de feijões (azuki), Ameixa, Suco de fruta processado, Pão de centeio, Trigo germinado Pão de trigo, Arroz integral, Fígado, Ostras, Peixes, Ovo, Manteiga, Iogurte, Queijo fresco, Creme de leite, Sementes de abóbora, gergelim e de girassol, Óleo de milho, Óleo de girassol, Margarina, Toucinho, Chá, Cacau, mel processado

5- Ácido: Batata (sem casca), Feijões (vários tipos), fruta enlatada, Arroz branco, Milho, Trigo sarraceno, Aveia, Centeio, Peru, Galinha, Carneiro, Leite cru, Noz pecan, castanha de caju, Pistache, Café, Vinho, Açúcar branco, Açúcar mascavo, Melaços, Geleias, Maionese, Mostarda, Vinagre

6- Muito ácido: Ameixa seca, Suco de Fruta Adoçado, Trigo, Pão branco, Massas assadas, biscoitos (espaguete, macarrão, pizza, etc), Carne de vaca, Carne de porco, Mariscos, Queijo, Leite homogeneizado, Sorvete, Pudim, Amendoim, Noz de natal, Cerveja, Bebidas alcoólicas, Refrigerantes, Adoçante artificial, Chocolate
Fonte: Dr Robert O. Young, “The pH Miracle"

INFORMAÇÃO TERAPEUTA AYURVEDICA LALHITA











Receba diariamente as notícias em seu email:

Delivered by FeedBurner









Desenvolvido por Danilo Rodrigues
Design por Dimy Design&Motion Graphics
© 2018 Ligia Schincariol - Todos os direitos reservados