Ligia Schincariol


FATORES DE SAÚDE E MEDICINA DA HABITAÇÃO


A melhor maneira de lidar com os fatores de saúde da Geobiologia é de atuar de maneira preventiva, considerando todos os fatores de saúde geobiológicos como informações importantes no momento do projeto, execução e ocupação dos ambientes. Uma avaliação cuidadosa dos espaços, dos entornos; e uma escolha consciente da ocupação e usos dos ambientes; materiais, acabamentos e mobiliários, podem minimizar significativamente os problemas de saúde gerados pelos ambientes em seus ocupantes.

O trabalho geobiológico da BIOhabitate é norteado por padrões e métodos internacionais contidos nas Normas de Medição e nos Limites de Exposição em Áreas de Permanência Prolongada. A norma com os Padrões de Salubridade e Métodos de Medição da Geobiologia está em sua sétima edição, e é conhecida como SBM 2008* (The Standard of Building Biology Testing Methods, Building Biology Evaluation Guidelines for Sleeping Areas and additional testing details). Para aferição dos índices de salubridade serão usadas técnicas de observação invetigativa, BIO-sensibilidade e radiestesia.

Para o estudo da salubridade de ambientes construídos é realizada a avaliação dos seguintes índices de salubridade abaixo, considerando tanto aqueles com foco no interior do edifico (instalações elétricas e eletroeletrônicos, radioatividade de materiais de construção, microondas e telefones móveis); quanto aqueles provenientes de fontes externas ao ambiente estudada (antenas de telefonia celular, radioatividade terrestre de fundo, transformadores de energia, subestação, torres de transmissão de sinal de rádio, TV, sistemas de distribuição de energia elétrica, iluminação artificial).

Campos, Ondas e Radiações / Qualidade do Ar e Clima Interno

1 – Campos Elétricos Alternados (AC) baixa freqüência – até 400khz

2 – Campos Eletromagnéticos de Alta Freqüência – acima 800Mhz

3 – Campos Geomagnéticos Contínuos – Alterados (DC)

4 – Radioatividade Natural Terrestre e Artificial (radiação Gama, partículas Alfa e Beta, Raios X e Gás Radon)

5 – Radiações e Campos Geomagnéticos (veios subterrâneos de água, redes geomagnéticas e falhas geológicas)

6 – Umidade relativa do Ar, Temperatura

7 – Intensidade Luminosa, Poluição Sonora e Eletricidade do Ar Interno.

8 – Formaldeído, Compostos Voláteis Orgânicos e Substâncias Tóxicas (COVs, vernizes, tintas, adesivos, produtos sintéticos, materiais de construção, revestimentos, produtos de limpeza, colas, compensados de partículas de madeira, mobiliário, plásticos, revestimentos de PVC ou vinílicos, ar condicionado, aerossóis, partículas aerotransportadas, poeira, fumaça, fuligem, amianto, esmaltes).

« AnteriorPróximo »









Receba diariamente as notícias em seu email:

Delivered by FeedBurner









Desenvolvido por Danilo Rodrigues
Design por Dimy Design&Motion Graphics
© 2017 Ligia Schincariol - Todos os direitos reservados