Ligia Schincariol


CHAKRAS

São sete os principais chakras do nosso corpo:

CHAKRA CORONÁRIO: localizado no topo da cabeça, no crânio. Responsável pela energia e controle do cérebro e glândula pineal. Pode ser considerado o coração dos chakras por ser o ponto máximo de concentração de energia, capaz de fazê-la fluir a partir dele para todo o corpo, como se fosse um funil.

CHAKRA FRONTAL: Localizado na testa, no meio das duas sobrancelhas. Energiza e controla a glândula pituitária, os olhos, o nariz e o cérebro.

CHAKRA LARÍNGEO: Localizado na base da garganta, energiza e controla as glândulas tireóide e paratireóide, além da garganta, laringe e faringe.

CHAKRA CARDÍACO: Localizado na altura do coração. Relaciona-se com o timo. Responsável pelos sentimentos e emoções.

CHAKRA DO PLEXO SOLAR: Localizado na região central do peito, na área vazia entre as costelas, na altura do início do estômago. Energiza e controla o pâncreas, o fígado, o estômago, o intestino grosso, o apêndice, o diafragma e, até certo ponto, o intestino delgado, os pulmões e o coração. Controla ainda a temperatura do corpo.

CHAKRA UMBILICAL: Situa-se no umbigo. Controla e energiza a parte inferior do intestino grosso, o intestino delgado, as glândulas supra-renais e o apêndice. Afeta a vitalidade geral da pessoa.

CHAKRA BÁSICO: Localizado na região pubiana, controla e energiza os órgãos sexuais, a bexiga e as pernas. Constitui o centro inferior do corpo ou do centro da criação física.

Existe também o chakras das mãos :

CHAKRAS DAS MÃOS: Localizados na região central das palmas das mãos. Caracterizados por estarem numa região terminal do corpo, denotam ponto de entrada ou escape de energia. São os chakras de ativação mais fácil e segura, sendo que sua ativação permite o desenvolvimento da capacidade de sentir energias sutis e também de sentir a aura.

Cada um desses chakras principais tem seu correspondente na região dorsal do corpo, exatamente na mesma direção do chakra principal. São chamados pelo mesmo nome do chakra, acrescentando-se o termo dorsal. Por exemplo: chakra dorsal do plexo solar.

Quando se vai proceder a uma energização, deve-se fazê-lo colocando a mão direita no chakra da frente e a esquerda no dorsal correspondente.




ESTABILIZAÇAO DOS CHAKRAS

Para se determinar se um chakra está desestabilizado é necessário haver uma pessoa com experiência que possa visualizar os chakras através da aura. Eles são círculos de energia que estão permanentemente girando, todos numa mesma velocidade. Quando um ou alguns deles estiverem girando no sentido oposto, ou mais lentos, ou mais rápidos que os demais, os chakras estão em desequilíbrio.

A estabilização deve ser feita, necessariamente, antes de se proceder a qualquer energização ou auto-ajuda da pessoa.

Há vários processos para se proceder à estabilização dos chakras, como por exemplo, os que utilizam pedras ou cristais. Utilização para estabilizar os chakras primeiro o AURAMETER e BASTÃO ATLANTE .

Lígia Schincariol


contato@ligiaschincariol.com.br

celular 55 11 9 8164-5400









Receba diariamente as notícias em seu email:

Delivered by FeedBurner









Desenvolvido por Danilo Rodrigues
Design por Dimy Design&Motion Graphics
© 2017 Ligia Schincariol - Todos os direitos reservados